quinta-feira, 5 de abril de 2018

Sayyida Elizabete, neta do Profeta Muhammad

Recentes estudos genealógicos tendem a confirmar que a Rainha Elizabete II é uma descendente do Mensageiro do Islã. Ela é a tataraneta (x43) do Profeta, se confiamos nos registros familiares um pouco irregulares da Espanha medieval. Deve-se notar, no entanto, que muitas dessas fontes da Idade Média são contestadas ou pouco claras, portanto não é possível fazer declarações absolutas.

Em 1023, Abu al-Qasim Muhammad ibn Abbad tornou-se o governante de Sevilha, em al-Andalus. Ele era anteriormente um qadi (juiz) nomeado pelo califa de Córdoba, mas tomou o poder e formou sua própria dinastia, os abádidas. Ele era descendente de Muhammad através de sua filha Fátima e do neto Hassan ibn Ali.

Em 1091, os almorávidas do Marrocos invadiram a Espanha muçulmana e seu neto Al-Mu'tamid ibn Abbad perdeu seu trono. Sua filha, Zaida, fugiu para o norte e se refugiou na corte do rei Afonso VI de Leão. Ela se tornou sua amante - o rei já era casado, mas sua esposa estava de cama, doente. Zaida mais tarde se converteu ao cristianismo, tomou o nome batismal de Isabella e - uma vez que a esposa anterior do rei morreu - casou-se com ele, sendo mãe três filhos conhecidos na posteridade.

Em 1352, Maria de Padilla, descendente de Zaida e Afonso, tornou-se amante do rei Pedro de Castela. Eles tiveram quatro filhos - duas das filhas se casaram com filhos do rei Eduardo III da Inglaterra. É de Isabella de Castilla e de Edmundo, duque de York, que a atual rainha do Reino Unido descende.

Curiosamente, isso faz da Rainha Elizabete uma prima distante do Rei Muhammad VI do Marrocos, do Rei Abdullah II da Jordânia e do Líder Supremo do Irã Ali Khamenei. Em tese, isso até faria de sua descendência pleiteantes legítimos num futuro Califado e figuras reverenciadas como Sayyid/Sayyida, título honorífico para os descendentes de Muhammad. Quem sabe, talvez, a força do sangue esteja por detrás do interesse do Príncipe Charles com o Islã. Ele é patrono do Centro Oxford de Estudos Islâmicos e além do seu notório contato com tariqas sufis, dizem que seja um muçulmano convertido. 

Descendência inglesa:

Elizabeth II, Rainha do Reino Unido - filha de
Jorge VI, rei do Reino Unido - filho de
Jorge V, rei do Reino Unido - filho de
Eduardo VII, rei do Reino Unido - filho de
Vitória, Rainha do Reino Unido - filha de
Eduardo, Duque de Kent e Strathearn - filho de
Jorge III, rei da Grã-Bretanha - filho de
Frederico, Príncipe de Gales - filho de
Jorge II, rei da Grã-Bretanha - filho de
Jorge I, rei da Grã-Bretanha - filho de
Sofia, de Hanover - filha de
Isabel da Boêmia - filha de
James I/VI, rei da Inglaterra, Irlanda e Escócia - filho de
Maria, rainha dos escoceses - filha de
James V, rei dos escoceses - filho de
Margaret Tudor - filha de
Elizabeth de York - filha de
Eduardo IV, rei da Inglaterra - filho de
Ricardo Plantageneta, Duque de York - filho de
Ricardo de Conisburgh, conde de Cambridge - filho de

Descendência espanhola: 

Isabella Perez de Castela - filha de
Maria Juana de Padilla - filha de
Maria Fernández de Henestrosa - filha de
Aldonza Ramirez de Cifontes - filha de
Aldonza Gonsalez Giron - filha de
Sancha Rodriguez de Lara - filha de
Rodrigo Rodriguez de Lara - filho de
Sancha Alfonsez, Infanta de Castela - filha de

Descendência árabe:

Zaida (aka Isabella) - filha de
Al-Mu'tamid ibn Abbad, rei de Sevilha - filho de
Abbad II al-Mu'tadid, rei de Sevilha - filho de
Abu al-Qasim Maomé ibn Abbad, rei de Sevilha - filho de
Ismail ibn Qarais - filho de
Qarais ibn Abbad - filho de
Abbad ibn Amr - filho de
Amr ibn Aslan - filho de
Aslan ibn Amr - filho de
Amr ibn Itlaf - filho de
Itlaf ibn Na'im - filho de
Na'im II al-Lakhmi - filho de
Na'im al-Lakhmi - filho de
Zahra bint Husayn - filha de
Husayn ibn Hasan - filho de
Hasan ibn Ali - filho de
Fatima - filha de
Profeta Muhammad

0 comentários:

Postar um comentário